Sandra Nascimento

Sandra Nascimento vive no Norte de Portugal junto ao mar com o seu marido e a sua filha.
Gosta imenso de livros, música e de caminhar nas montanhas.

Em 1996 obteve a licenciatura em Design de Comunicação Visual pela Escola Superior de Artes.
Trabalhou como designer gráfica durante vários anos mas sempre teve um sonho: Ilustração. 
Em 2007, com 33 anos, despediu-se do seu emprego para se tornar uma ilustradora freelance trabalhando em casa.

Felizmente, a Ilustração passou a ser a sua ocupação a tempo inteiro e uma paixão.

Adora literatura infantil, contos de fadas e lendas encantadas. Cria aguarelas que nos revelam mundos mágicos e singulares. As suas ilustrações, inspiradas na natureza e nas diversas culturas, são únicas e ricamente detalhadas, plenas de texturas, padrões e cores alegres.

Participou em duas exposições colectivas de artes plásticas. Realizou uma exposição individual de fotografia sobre o Parque Nacional Peneda Gerês e seis individuais de Ilustração - “Chaminés de Fadas” (2007), “Matryoshka”(2008), “Histórias de Encantar” (2008),  “No meu jardim...”(2009),  “Alice no País das Maravilhas” (2009), “Zodíaco” (2010), “Histórias de Encantar” (2012) e "Arca de Noé (2015).

Ilustrou os seguintes livros infantis: “A Menina das Rosas”(2008),  “Emília e o Chá de Tília” (2008) e “A Rainha da Misericórdia” (2010) da editora Trinta Por Uma Linha; "Zubaida e Columbina" da editora Booklândia - QuidNovi (2012); "A Abelha e a Flor" das Edições Voar nas palavras.

Em Novembro de 2008 obteve o segundo lugar no concurso Ilustra_Underground, ETIC.

Em 2008 criou a marca registada Beijos de Algodão®, sendo responsável pela criação, ilustração, design e produção de todos os projectos associados à mesma. 

O seu principal objectivo é dar cor e alegria às nossas vidas e pôr todos a sonhar com a sua arte colorida.